reunião pública sobre obras da entrada da cidade e acesso ao porto de paranaguá/pr

_DSC5552

A prefeitura de Paranaguá realizou, no dia 17/12, reunião pública para apresentação do Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) para a obra da entrada da cidade, na Avenida Ayrton Senna. A apresentação foi feita pelo superintendente regional do DNIT, José da Silva Thiago e pelo coordenador geral do Setor de Planejamento do DNIT, Adailton Dias.

Estiveram presentes o prefeito de Paranaguá, Edison de Oliveira Kersten, o deputado federal Angelo Vanhoni, o presidente da Câmara Municipal, Marquinhos Roque, vereadores, lideranças locais e moradores. O encontro aconteceu no Museu de Arqueologia e Etnologia de Paranaguá.

_DSC5543

O prefeito Edison Kersten agradeceu o apoio e a atenção que o deputado Angelo Vanhoni vem dando à cidade e reiterou a reivindicação feita à ministra Gleisi Hoffmann da construção de dois viadutos sobre a linha férrea em Paranaguá. Os viadutos solicitados são para a avenida Roque Vernalha e outro sobre a avenida Coronel Santa Ritta, locais onde há grande congestionamento de veículos durante o período de manobra dos trens.

_DSC5654

Para o superintendente regional do DNIT, José da Silva Thiago, é possível incluir estes dois viadutos no projeto da entrada da cidade. Os recursos já estão inscritos no Plano de Aceleração de Crescimento (PAC). “O objetivo é realizar a obra mais breve possível e sair do sacrifício que é a Avenida Ayrton Senna, que tem um tráfego intenso de veículos leves e pesados”.

_DSC5635

O deputado Angelo Vanhoni parabenizou o governo federal e a prefeitura pela iniciativa e ressaltou a importância de encontrar caminhos para aumentar a receita da cidade. Apesar de abrigar um dos maiores portos do Brasil, de relevância econômica nacional, o município de Paranaguá não tem uma contrapartida financeira decorrente desta atividade.

A cidade de Paranaguá não recebe uma obra desta envergadura há mais de 40 anos. A cidade cresceu, o porto cresceu. Há 15 anos atrás a movimentação era de 15 milhões de toneladas, este ano nós devemos fechar com 45 milhões de toneladas. Os caminhões nestes últimos anos triplicaram de tamanho, entram dentro da cidade que está dividida ao meio. Isso traz todo o tipo de transtorno, além da questão da segurança. O porto é uma atividade econômica importante para a cidade, importante para o Brasil. Este é um sinal de que a República está olhando para Paranaguá de uma maneira especial, e esta obra é fundamental não apenas para dar acesso ao porto, melhorar o trânsito na cidade, mas também para o resgate da auto estima do povo de Paranaguá.

Eu nasci aqui e tudo que eu puder fazer em Brasília para ajudar esta região eu vou continuar fazendo. O governo federal, quando discutiu o projeto de infraestrutura nas cidades portuárias do Brasil, olhou para Paranaguá e viu que a cidade tem um grave problema de acesso. Esta obra de 116 milhões de reais está inscrita no PAC. Ela pode ser o início de um processo de reconstrução da nossa cidade do ponto de vista urbano.

Outra questão fundamental é a ampliação da receita de Paranaguá. O porto não pode deixar de pagar ISS para a cidade. Como pode uma empresa desse tamanho dentro de Paranaguá e a cidade não ter nenhuma contrapartida? Isso depende de um entendimento entre a APPA e Paranaguá, depende do governo do Paraná. Nós temos que achar um caminho jurídico para superar o óbice, se houver óbice.

A única possibilidade que Paranaguá tem de arrecadar dinheiro é através do pequeno comércio e daquelas empresas que contribuem tanto com o IPI e com o ISS, e a parte dela na repartição do ICMS do resto do estado. É uma situação única. Nós estamos protegidos pela questão ambiental e é bom que seja assim, mas temos que ter a contrapartida do que a cidade gera para o Paraná e para o Brasil.

Angelo Vanhoni

_DSC5726

Após a breve exposição feita pelo coordenador geral do Setor de Planejamento do DNIT, Adailton Dias, vários questionamentos foram feitos pelos moradores, vereadores e lideranças locais que apresentaram suas dúvidas e fizeram sugestões.

Fonte: Luciane Chiarelli, Prefeitura Municipal de Paranaguá, 17/12/13
Fotos: Gilson Camargo

_DSC5769

One Trackback

  1. […] Leia mais sobre a reunião pública sobre obras da entrada da cidade e acesso ao porto de Paranaguá. […]

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!