professores do paraná continuam na luta

DSC_1946Manifestação em Curitiba mobilizou mais de 20 mil pessoas e pediu justiça quanto ao massacre do dia 29 de abril.

Na manhã de hoje (05/05), o Brasil viu a força e a proporção que a greve dos educadores no Paraná tomou. O Ato Nacional organizado pela APP-Sindicato que saiu da Praça 19 de Dezembro e seguiu em marcha até o Centro Cívico de Curitiba, reuniu mais de 20 mil pessoas.

DSC_1975

O ato foi realizado em repúdio à violência com a qual o governo do estado tratou os(as) educadores(as), que no dia 29 de abril tentavam participar da sessão da Assembleia Legislativa do Paraná. Naquele dia estava em votação o PL 252/2015 que propõe o confisco da poupança previdenciária do funcionalismo estadual, através de mudanças na Parana Previdência, e que foi aprovado por 31 votos a 20.

4aParticiparam do ato várias categorias de servidores do Paraná e de outros estados, centrais sindicais e movimentos sociais.

Um momento marcante foi quando representantes do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sindute-MG) leram uma carta de apoio aos trabalhadores da educação do Paraná. Na carta eles relembram os 112 dias de greve dos educadores mineiros em que também sentiram na pele a truculência da PM e a importância daquele movimento para a unidade do movimento no Estado. Ainda  motivaram para que aqui, no Paraná, os servidores sigam fortes: “Vocês, tem a educação como trabalho, sem dúvida muito aprenderam e muito ensinaram naquele dia. A vida é assim mesmo: quando se ensina também se aprende; quando caímos é que podemos nos levantar”.

Votação do PL 252/2015

Votos favoráveis ao PL do governo

Alexandre Curi (PMDB)
Alexandre Guimarães (PSC)
André Bueno (PDT)
Artagão Jr. (PMDB)
Bernardo Ribas Carli (PSDB)
Claudia Pereira (PSC)
Cobra Repórter (PSC)
Cristina Silvestri (PPS)
Dr. Batista (PMN)
Elio Rusch (DEM)
Evandro Jr. (PSDB)
Felipe Francischini (SD)
Fernando Scanavaca (PDT)
Francisco Bührer (PSDB)
Guto Silva (PSC)
Hussein Bakri (PSC)
Jonas Guimarães (PMDB)
Luiz Carlos Martins (PSD)
Luiz Claudio Romanelli (PMDB)
Marcio Nunes (PSC)
Maria Victoria (PP)
Mauro Moraes (PSDB)
Missionário Ricardo Arruda (PSC)
Nelson Justus (DEM)
Paulo Litro (PSDB)
Pedro Lupion (DEM)
Plauto Miró (DEM)

Votos contrários ao PL do governo

Adelino Ribeiro (PSL)
Ademir Bier (PMDB)
Anibelli Neto (PMDB)
Chico Brasileiro (PSD)
Evandro Araújo (PSC)
Gilberto Ribeiro (PSB)
Gilson de Souza (PSC)
Marcio Pacheco (PPL)
Marcio Pauliki (PDT)
Nelson Luersen (PDT)
Nereu Moura (PMDB)
Ney Leprevost (PSD)
Palozi (PSC)
Pastor Edson Praczyk (PRB)
Péricles de Mello (PT)
Professor Lemos (PT)
Rasca Rodrigues (PV)
Requião Filho (PMDB)
Tadeu Veneri (PT)
Tercílio Turini (PPS)

Não votaram

Cantora Mara Lima (PSDB)
Paranhos (PSC)
Ademar Traiano (PSDB) – como presidente, só vota em caso de empate

Já na Praça Nossa Senhora da Salete, foi realizada uma mística, em que educadores(as) colocaram rosas brancas nas grades da Alep pedindo mais respeito e menos violência. Também tingiram de tinta vermelha as águas do chafariz em frente ao Palácio Iguaçu e entoaram, em um só coro, o hino nacional.

6a

Após a caminhada realizada pela manhã, mais de 10 mil professores e funcionários de escolas participaram da assembleia geral da categoria, no Estádio Durival Britto, a Vila Capanema, em Curitiba. Foram apresentadas as análises das conjunturas nacional e estadual e, em seguida, a maioria presente decidiu pela continuação da greve por tempo indeterminado. A indignação tomava conta dos presentes, especialmente em vista da aprovação do projeto de lei 252/2015 e dos massacres do último dia 29.

O relator do Plano Nacional de Educação, Angelo Vanhoni também esteve na Vila Capanema. Em sua fala, o ex-parlamentar parabenizou a categoria pelo exemplo dado ao país. “O povo quando se une é maior do que qualquer violência. E esta foi a aula dada por vocês para todo o Brasil”.

Fonte: http://www.appsindicato.org.br/Include/Paginas/noticia.aspx?id=11310
Fotos: Gilson Camargo

2 Comentários

  1. Kelli Gequelin
    5 de maio de 2015

    Professor, conheci você pessoalmente em Campo Largo no Plano Municipal de Educação agora no último dia quatro. Parabéns…

  2. Marilaine Tenorio
    7 de maio de 2015

    Oi Professor, postei um vídeo no face com a chegada dos manifestantes e registrei o agradecimento e carinho que têm por sua pessoa. Muito obrigada pelo apoio à nós servidores.
    Para vê-lo basta acessar o face de Marilaine Corrêa Tenório Calvi.
    Um grande abraço!!

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!