comemoração do dia do sagrado coração de jesus – ivaí/pr – preservação da memória da imigração ucraniana

foto_gisloncamargo_11_06_10_ivai_parana1web1

Os habitantes de Ivaí celebraram na última sexta-feira, 11/06/10, o Dia do Sagrado Coração de Jesus, o padroeiro da cidade. A comunidade local fez da data mais um exemplo da forte ligação existente entre o povo ucraniano com os seus símbolos religiosos, tanto nas celebrações, como na música, na arquitetura e no artesanato. Por iniciativa do padre Dionísio Horbus, pároco local, este ano foram homenageados os vários padres que já realizaram trabalho sacerdotal na Igreja Matriz do Sagrado Coração.

Os deputados Angelo Vanhoni e Felipe Lucas, convidados dos padres ucranianos, tiveram a oportunidade de mostrar a parceria que ambos vêm desenvolvendo em prol da preservação do patrimônio histórico, cultural e turístico da comunidade ucraniana da região centro-sul do Paraná.

Os parlamentares entendem que Ivaí, por ser um dos berços da imigração ucraniana ao Paraná, deve ser vista como prioridade na preservação de sua história e do seu patrimônio. Uma das principais reivindicações da comunidade local é a construção de um memorial que abrigue toda a documentação histórica, objetos trazidos pelos imigrantes e um acervo completo em painéis, reproduções de fotos, livros e CDs sobre o Holodomor.

foto_gisloncamargo_11_06_10_ivai_parana5web

Segundo relatos da população local e de documentos, os primeiros imigrantes chegaram a Ivaí por volta dos anos de 1908 e 1909. Trata-se de uma das primeiras colônias do Paraná.

A religiosidade é característica relevante dos ucranianos e seus descendentes. Ainda se conserva o rito bizantino, marcado pelas celebrações em idioma ucraniano. As igrejas ainda guardam importantes manifestações artísticas em seu interior, com destaque para as pinturas, que simbolizam a fé cristã.

foto_gisloncamargo_11_06_10_ivai_parana4web

Em Ivaí, existe a Igreja Matriz Sagrado Coração de Jesus (foto), o Noviciado Nossa Senhora do Amparo, o Seminário e diversas capelas na área rural, mostrando a força religiosa presente na cultura ucraniana.

padredomingos_foto_gisloncamargo_11_06_10_ivai_parana1web

“… Ivaí concentra o que existe de mais importante da memória cultural e histórica do povo ucraniano. Cada um de nós é parte da Ucrânia em Ivaí. Em nossas residências guardamos pequenos objetos, roupas, ferramentas empregadas na lavoura e muitos documentos dos nossos antepassados. Tudo isso faz parte de um acervo que é rica fonte de pesquisa por parte de estudantes, historiadores, antropólogos. Em Ivaí estão reunidas também as mais raras peças do país documentando a tragédia que os russos impuseram aos ucranianos através do holodomor. São painéis, reproduções de fotografias, livros, CDs só encontrados aqui em nossa cidade, no Congresso Americano e em algumas das principais universidades européias. Só que a preservação de toda esta memória merece um espaço físico. Para permitir que a nossa juventude e todas as pessoas de boa vontade mantenham vivas as nossas tradições, a nossa cultura, nossa religião e tenham conhecimento dos mais cruéis atos de guerra cometidos contra o nosso povo…”
Domingos Miguel Starepravo – padre ucraniano, dono do maior acervo sobre o Holodomor do Brasil

Texto: Jorge Javorski
Fotos: Gilson Camargo

2 Comentários

  1. Marlene Martim
    7 de maio de 2012

    Houve um equívoco, o correto é “Dia do Sagrado Coração de Jesus” e não “Dia do Sagrado Espírito Santo”, uma vez que refere-se a Paróquia Sagrado Coração de Jesus.

  2. Rosineia Ferreira
    11 de julho de 2012

    Ivaí é um povo acolhedor , aqui todos são bem vindos independente de raça ou classe social .

One Trackback

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Rádio PT, Angelo Vanhoni. Angelo Vanhoni said: Fomos para Ivai, comemoraçâo do Dia do Padroeiro da Cidade http://www.vanhoni.com.br/2010/06/ivaipr […]

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!