inauguração do restaurante popular de paranaguá/pr

restaurantepopular_foto_gilsoncamargo_paranagua17_05_10l
Construído através de parceria entre o governo federal e o município, o Restaurante Popular de Paranaguá atenderá cerca de 500 pessoas ao dia, pelo preço de 1,99 a refeição completa. O custo de cada refeição está estimado em R$ 4,17. Cada usuário pagará R$ 1,99 e o restante (R$ 2,18) será subsidiado pelo município. O valor total da obra foi de R$ 668.360, com recursos divididos entre o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, que repassou R$ 501.270 e a Prefeitura de Paranaguá, que investiu R$ 167.090.

Com a presença da ministra do Desenvolvimento Social e Combate a Fome, Márcia Lopes, foi inaugurado nesta segunda, 17 de maio, em Paranaguá, o primeiro Restaurante Popular do litoral paranaense, e o de número 82 entre todos os construídos no Brasil. Ao todo, o governo federal já investiu mais de R$ 24 milhões na construção de Restaurantes Populares para beneficiar 114 mil pessoas que almoçam ou jantam em uma das 82 unidades espalhadas pelo país.

A ministra destacou a importância dos restaurantes populares construídos em todo o país para garantir o direito básico a alimentação, que segundo ela, vai além de simplesmente comer um bom prato de comida todos os dias. “A chegada do restaurante para cada município é importante pelo acesso à alimentação saudável, equilibrada e com os nutrientes diários necessários para o ser humano, mas, além disso, o Restaurante Popular deve ser um espaço de convivência, um espaço para desenvolver conhecimentos com a oferta de cursos de culinária, nutrição e reaproveitamento de alimentos. Sobre o combate à fome, a ministra relembrou uma das promessas de campanha de Lula. “O presidente, quando realizava a Caravana da Cidadania, ainda como candidato, indignado com o nível de pobreza, desnutrição e desesperança do povo brasileiro, prometeu que erradicaria a fome no Brasil e, portanto, estar aqui inaugurando este restaurante popular significa que estamos vivendo um outro momento. Que o Brasil está combatendo a fome e dando dignidade para o seu povo.  Em seu discurso de posse, o presidente Lula disse que tinha certeza que se o governo federal unido aos governos estaduais e municipais, além de toda a sociedade, assumissem este problema como prioridade, nós conseguiríamos superá-lo e caminhar para a erradicação da fome no Brasil. Estamos conseguindo!“

restaurantepopular_foto_gilsoncamargo_paranagua17_05_10i
Na solenidade estiveram presentes a ministra do desenvolvimento social Márcia Lopes, o prefeito José Baka Filho, o secretário municipal de ação social Joaquim Guilherme, o presidente da Câmara Municipal, Antonio Ricardo dos Santos e o deputado federal Angelo Vanhoni (PT-PR) entre outras autoridades.

Em 2010, para executar a Política de Segurança Alimentar e Nutricional, o Ministério do Desenvolvimento Social dispõe de R$ 964,9 milhões para projetos de construção de Bancos de Alimentos, Cozinhas Comunitárias, Restaurantes Populares, Cisternas no Semiárido e projetos de educação alimentar e nutricional.

restaurantepopular_foto_gilsoncamargo_paranagua17_05_10a

Vanhoni lembrou que os Restaurantes Populares fazem parte de um grande programa voltado para a segurança alimentar que tem como carro chefe o Bolsa família. “São hoje cerca de 12 milhões de famílias atendidas por este programa, dando-lhes condições de se estruturarem. Muitas delas passaram por situações dramáticas no passado e hoje estão estruturadas do ponto de vista do emprego, da educação, moradia e alimentação.” Destacou também que  os programas voltados para a segurança alimentar implementados pelo governo federal são exemplo para o mundo e principalmente para os países em desenvolvimento. “Somos copiados pelo mundo inteiro e elogiados pela ONU. Por isso é um orgulho muito grande saber que a Prefeitura de Paranaguá tomou a iniciativa de trazer o Restaurante Popular para cá, mostrando sua sensibilidade com as necessidades do nosso povo.”

restaurantepopular_foto_gilsoncamargo_paranagua17_05_10f
As autoridades presentes provaram a primeira refeição oferecida pelo restaurante, que fica aberto ao público de segunda a sexta feira para o almoço.

A unidade do restaurante foi instalada na Rua Felipe Chede, próximo ao terminal rodoviário e ao centro de atendimento de saúde. Conjugados ao prédio do Restaurante Popular também funcionam uma Farmácia Popular e um Centro de Avaliação Diagnóstico para pessoas com necessidade especiais. Baka citou a importância neste mesmo complexo social, do Ginásio Joaquim Tramujas, destinado ao desporto paraolímpico,  construído em 2008 com emenda proposta pelo deputado Angelo Vanhoni. “Ainda não tinha tido a oportunidade de agradecer ao deputado que tanto nos ajuda nas parcerias com o governo federal. Em especial, o Ginásio temos muito a agradecer, pois, Paranaguá é um dos vinte pólos do Brasil para o desenvolvimento do desporto paraolímpico visando as Olimpíadas de 2016.”

restaurantepopular_foto_gilsoncamargo_paranagua17_05_10c

Texto: Ana Carolina Caldas
Fotos: Gilson Camargo

1 Comentário

  1. anonimo
    25 de maio de 2010

    O DEPUTADO O SENHOR NÃO PERDEU NADA EM ALMOÇAR,MAS QUE COMIDA RUIM,SERA AONDE QUE BAKA ACHOU ESSES COZINHEIROS OU ESSA NUTRICIONISTA QUE TEM,UM TEMPERO SEM CONDIMENTOS NENHUM,SUCO A EMPRESA DEVE TRAZER O MAS BARATO QUE TIVER NA PRAÇA.

    MINSTERIO PUBLICO OU OUTRO ORGÃO,FICAR DE OLHO NESSA EMPRESAS,O DINHEIRO ESTA INDO PELO RALO,E OS FUNCIONARIOS CORTANDO TUDO HORAS EXTRAS,PRODUTIVIDADE AFINAL TUDO.

    E AGORA VEM SUA ESPOSA A DEPUDATA FEDERAL,UMA SECRETARIA QUE PASSOU PELA PREFEITURA,E NADA DE RELEVANTE FEZ,SO TROUXE SEU SOCIO WALDIR LEITE PARA SECRETARIO,E AGORA SAIU E TAMBEM SE DIZ CANDIDATO A DEPUTADO FEDERAL,HAJA VOTO PARA ESSES,QUEM SERÁ QUE O POVO VAI VOTAR.

One Trackback

  1. […] This post was mentioned on Twitter by Angelo Vanhoni. Angelo Vanhoni said: Confira matériae imagens da inauguração do primeiro Restaurante Popular em Paranaguá Serão 500 refeições ao dia a $1,99 http://bit.ly/dryI22 […]

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!