entrega de caminhões frigoríficos para feira de pescados – litoral/pr

guaratuba_foto_gilsoncamargo_17_12_10a
“Caminhão do Peixe” durante a travessia da Baía de Guaratuba.

Dois caminhões frigoríficos foram entregues neste sábado (18/12) para as colônias de pescadores do litoral paranaense. As cidades beneficiadas foram: Guaratuba, Pontal do Paraná, Antonina e Guaraqueçaba. Os equipamentos foram adquiridos com recursos originários de emenda parlamentar do deputado Angelo Vanhoni através do Ministério da Pesca e visam facilitar a comercialização do pescado durante o período de baixa temporada, permitindo aos consumidores um acesso mais rápido ao alimento fresco e com preços menores.

O “Caminhão do Peixe” possui uma carroceria frigorífica projetada para a armazenagem e comercialização, que pode ser usada para o pescado congelado e fresco, com capacidade de transporte superior a 3,5 toneladas. No caminhão também há balança, cupom fiscal e expositores do produto. Estas características permitem que o caminhão seja aberto e transformado em um ponto de comercialização. Abastecido com pescado, circula pelos bairros, vilas e comunidades de determinados municípios levando o peixe diretamente aos consumidores.

guaratuba_foto_gilsoncamargo_17_12_10d
A Colônia de Pescadores Z-07, do município de Guaratuba, foi a primeira a receber o caminhão, que será compartilhado com a Colônia Z-05, de Pontal do Paraná.

Além da chegada do benefício às Colônias de Pescadores, a iniciativa articulou parcerias para a recepção dos produtos com as Prefeituras de Campo Largo e Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Os convênios foram celebrados com as Secretarias de Abastecimento dos referidos municípios que se encarregarão de orientar a recepção dos produtos em suas cidades.

O primeiro objetivo que o caminhão tem para Guaratuba e Pontal, que está conveniada junto, não é só para ajudar o pescador, e sim à comunidade toda. De março a dezembro a gente fica aqui com uma baixa muito grande de preço e agora não vai mais ter isso, porque a gente vai conseguir vender a nossa produção a um preço melhor. Tá aí o resultado do trabalho sério que o deputado Vanhoni e o deputado Péricles tiveram com a gente. Eu sou testemunha do que eles vem fazendo pela pesca aqui no Paraná.
Álvaro Pinto Cunha – presidente da Colônia Z-07

guaratuba_foto_gilsoncamargo_17_12_10e
André Pioli,
assessor parlamentar, ressaltou a importância da participação das prefeituras para o desenvolvimento da pesca no litoral paranaense, principalmente no que diz respeito ao encaminhamento dos documentos necessários para a celebração dos convênios com o governo federal.

É com muita satisfação que eu venho aqui representar o deputado Angelo Vanhoni na entrega deste caminhão para as colônias de pescadores, depois de tanta luta, tanto trabalho e tanto empenho. O incentivo à pesca no litoral não se restringe só ao caminhão frigorífico. Nós estamos financiando também a construção de fábricas de gelo para possibilitar a conservação dos alimentos a um preço mais baixo.
André Pioli

pontaldoparana_foto_gilsoncamargo_17_12_10f

Em Pontal do Paraná a entrega do caminhão contou com a presença do prefeito do município, Rudisney Gimenes, do presidente da Colônia de Pescadores Z-05, Genis Tavares (Baiano), do prefeito de Campo Largo, Edson Darlei Basso, do secretário de Desenvolvimento Rural de Campo Largo, Lino Petry, do diretor do Colegiado Territorial da Pesca e da Aquicultura do Litoral do Paraná (Cotepal), Mario Hanek, e da representante das Mulheres na Pesca do Paraná, Cleonice Silva do Nascimento.

pontaldoparana_foto_gilsoncamargo_17_12_10a
Rudisney Gimenes, prefeito de Pontal do Paraná e Edson Darlei Basso, prefeito de Campo Largo.

O que eu vejo de mais importante nesta parceria é que quando aqui o preço estiver ruim nós vamos vender o peixe lá (em Campo Largo) e, conversando com as pessoas aqui eu tenho algumas idéias. Nós podemos achar uma maneira de trazer uma mercadoria nossa e também aproveitar a entressafra. Tem momentos em que nós chegamos a vender o saco de batata a 20 reais em Campo Largo, e para vocês aqui deve chegar a mais de 100 reais! Este intercâmbio que começa hoje atendendo os pescadores, amanhã e depois pode estar atendendo também a nossa produção de hortigranjeiros. No futuro a gente pode pensar em estreitar ainda mais esta nossa amizade e cooperação.
Edson Darlei Basso

antonina_parana_foto_gilsoncamargo_17_12_10h

O segundo caminhão foi entregue na Colônia de Pescadores Z-08, de Antonina, e será compartilhado com o municipio de Guaraqueçaba, que reúne a maior colônia de pescadores do litoral. A parceria inicial de recepção para a produção destas cidades foi articulada junto à Prefeitura de Pinhais. Estiveram presentes no ato de entrega do benefício o prefeito de Antonina, Carlos Augusto Machado, o presidente da Colônia Z-08, Admir Costa Freire, o secretário de governo de Pinhais, Valmir Lopes e o superintendente do Ministério da Pesca no Paraná, José Wigineski (com a palavra, na imagem acima).

Para o consumidor da cidade com certeza esse produto pego direto do pescador vai chegar mais barato em sua mesa, e aqueles que não são acostumados a consumir o pescado porque não tem onde comprar vão ter uma alternativa com o nosso caminhão feira, o nosso caminhao do peixe. Essa é que é a intenção. Esse caminhão tem capacidade para 3.500 quilos, e onde a gente tem feito essa experiência tem dado certo. O caminhão fica meio dia num bairro e não sobra pescado nem para contar a história. O nosso termômetro para saber se isso está funcionando bem ou não é saber se a vida do pescador está melhorando. Se estiver é porque estamos no caminho certo.
José Wigineski

guaratuba_foto_gilsoncamargo_17_12_10f

Fotos: Gilson Camargo

2 Comentários

  1. Gláucia Roberta Vaz Félix
    30 de dezembro de 2010

    Deputado Vanhoni:
    Venho, por meio deste e-mail, desculpar-me contigo por não ter te enviado, a uma semana atrás ou mais, os meus cumprimentos pelo Natal.
    Não o fiz por não ter passado esta data em minha cidade.
    Viajei alguns dias antes do vinte cinco de dezembro para passar a referida data e sua véspera com meus pais.
    Além de estar em outra cidade, estava no interior do município.
    Lá não dispunha de um computador e, consequentemente, estava sem contato com a Internet.
    Mesmo assim, hoje te digo do meu sincero desejo de que o teu Natal tenha sido bom, alegre e, assim, “Feliz”.
    Agora, já de volta em casa e sem nenhum atraso, te desejo que todas as tuas positivas expectativas para dois mil e onze se tornem realidade.
    “Feliz Ano Novo”!
    Abraços de uma sempre tua admiradora:
    Gláucia Roberta Vaz Félix
    Rosário do Sul
    Rio Grande do Sul

  2. João
    2 de abril de 2012

    Campo Largoo o caminhão não apareceu até agora, o que aconteceu???

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!