ensino profissional marítimo – visita à capitania dos portos do paraná – paranaguá/pr

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012g1

Atendendo ao convite do comandante José Henrique Corbage Rabello, o deputado Angelo Vanhoni visitou as instalações da Capitania dos Portos do Paraná (CPPR), em Paranaguá, acompanhado pelo superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (APPA), Airton Vidal Maron, e ouviu palestra sobre as atividades e estrutura da Capitania, além de seus projetos de expansão.

Neste ano de 2012 a Capitania tem como ações em curso: a reforma e ampliação física de suas salas de educação tecnológica e laboratório de recursos instrucionais; a criação do Centro de Ensino Aquaviário, fazendo do Paraná um pólo fomentador de mão de obra para a exploração do pré sal; e a finalização do projeto de construção de uma nova sede, orçada em R$ 8 milhões.

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012z5

Entre os temas que se referem específicamente à educação tecnológica e formação profissional está o encaminhamento da proposta de emenda parlamentar no valor de R$ 1.800.000,00 para a criação do Centro de Ensino Aquaviário (CEA), que visa a ampliação dos cursos já oferecidos pela Capitania e o atendimento à crescente demanda no setor. Os cursos são voltados para a qualificação de marítimos, fluviários, pescadores e mergulhadores. Um dos cursos ministrados pela CPPR no ano passado, teve 647 candidatos para apenas 35 vagas. As instalações datam de 1960 e falta à Capitania espaço e recursos para fomentar a parte acadêmica, sendo que a demanda cresceu muito. Os cursos oferecidos aumentaram de 8 em 2010 para 17 em 2011, assim como o número de vagas preenchidas subiu de 242 para 651 no mesmo período.

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012v1

A Capitania dos Portos do Paraná é a que oferece a maior quantidade de cursos no Brasil; não é o Rio de Janeiro e nem Santos, e somos a segunda maior em quantidade de público. A demanda tem aumentado e nós estamos fazendo todo o esforço possivel para tentar atender a esta demanda; seja aqui de Paranaguá como também de outros estados. As nossas instalações datam de 1960, tem mais de 50 anos, por isso a necessidade preemente de ampliação.
José Henrique Corbage Rabello

 

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012p

A Capitania dos Portos do Paraná é uma organização militar subordinada ao comando do 5º Distrito Naval e tem o propósito de orientar, coordenar e controlar as atividades relativas à marinha mercante e organizações correlatas, no que se refere à segurança da navegação, defesa nacional, salvaguarda da vida humana no mar e prevenção da poluição hídrica, fazendo cumprir a legislação que regula os tráfegos marítimos, fluviais e lacustres, exercendo a fiscalização do serviço de praticagem e do tráfego aquaviário por intermédio de inspeções navais, emissão de documentos de habilitações e atividades de cunho administrativo. Atua ainda na coordenação do ensino profissional marítimo, no apoio à Defesa Civil em salvamentos, enchentes e catástrofes naturais, ajudando no transporte e abastecimento e, no âmbito cívico e social, promove eventos especiais com o ensino de prática marinheira, segurança em navegação e iniciação à vela.

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012
Airton Maron, superintendente da APPA, Angelo Vanhoni e o comandante José Henrique Corbage Rabello, durante passeio na baía de Paranaguá.

O comandante Rabello referiu também o projeto do Centro Cultural da Capitania dos Portos, que propõe a aquisição e restauro de um imóvel na Rua da Praia, no centro histórico de Paranaguá, de propriedade da Pontifícia Universidade Católica. Este, além de oferecer um espaço multifuncional para a comunidade, com sala de inclusão digital, abrigará também a exposição de um acervo de 15 nautimodelos que contam a história das embarcações no mundo. A exposição poderá itinerar por outras cidades do estado, incentivando os jovens a buscar qualificação profissional, divulgando a cultura marítima e o apreço pela navegação.

paranagua_foto_gilsoncamargo16_02_2012n

Fotos: Gilson Camargo

7 Comentários

  1. ramon peçanha vidal
    7 de março de 2012

    gostaria de esclarescer uma duvida sou ppi,patrao de pesca na navegaçao interior tenho os cursos EBPS,ECIN,ESRS,ESPE E CFQ2E3FLUVIAL gostaria de saber se com uma carta de indicaçao de empresa posso cambar para MNC pois na NORMAN13 tem essa exeçao,obrigado

  2. elineia
    31 de julho de 2012

    bom dia,gostaria de saber quando abrira novas inscriçoes para o cefq dois treis…..

  3. arobel jorge barbasa
    12 de novembro de 2012

    boa tarde sou cozinheiro formado pelo Senac gostaria de saber qual o curso que devo obter para trabalhar embarcado e quando sera as inscrições obrigado.

  4. josias feltz
    21 de fevereiro de 2013

    boa noite, gostariade saber quando vai iniciar as inscrições parao curso MOC neste ano?

  5. eriosvaldo rabelo
    22 de julho de 2013

    gostaria de saber se posso cambar de mnc pra mcb por indicaçao de empresa,tenho quase 4 anos de embarque .mas se eu comsegui cambar vou ser promovido onde ja trabalho ha quase 2 anos.por favor mim responda .obrigado

  6. vicente de paula
    11 de janeiro de 2014

    gostaria de saber se eu posso cambar de condutor de transporte fluvial. para condutor de transporte maritimo. já conclui os cursos ,esp,ers,ecia,ebps,no momento estou sem emprego se eu tiver essa oportunidade já tenho empresa serta para trabalhar.por favor me responda estou esperando.muito obrigado.

  7. Ademilson Nasciment
    29 de abril de 2014

    Gostaria de saber sobre cursos para trabalhar na ária portuária.Obrigado.

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!