encontro de presidenciáveis na fiep – educação é prioridade no plano de governo de dilma rousseff

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10s

O encontro entre presidenciáveis na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), dia 30/07, contou com a participação da candidata Dilma Rousseff e reuniu mais de 400 pessoas entre empresários e convidados. O presidente Lula esteve presente para manifestar seu apoio à Dilma e pedir voto para os candidatos da coligação “A união faz um novo amanhã”. Em seus discursos Dilma e Lula reforçaram a importância da educação para o desenvolvimento do país que vive um novo período de crescimento econômico.

Link para video integral do encontro na FIEP

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10m

“Eu tenho certeza de que nós vivemos um momento especial. O que esperávamos durante anos chegou e temos provas concretas e reais de que veio de forma estável e sistemática. O presidente Lula conduziu o país para uma era de prosperidade. Nós saímos de um momento em que o Brasil vivia sistematicamente estagnado, com taxas de crescimento em torno de 0,5% a 1%, quando chegávamos a 3% era uma festa, e hoje temos uma discussão na pauta de que crescemos 5,5%, 6,5% e 7,5%! Nós mudamos o patamar das oportunidades do Brasil. E não foi só a mudança de um período de estagnação para um período de crescimento. Foi a implantação de um outro modelo de crescimento, que se mostrou sustentável porque teve como grande condutor o mercado interno, sem desprezar toda a política de exportação que um país competitivo deve ter. E isso extendido pra todos os segmentos, o segmento industrial, o agro-negócio, o setor de serviços e também para as diferentes esferas de produção da sociedade.”

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10q

“Nós tivemos um eixo central: este pais tem que crescer para os 190 milhões de brasileiros. Chega daquela época em que, como a gente lembra bem, o mercado consumidor brasileiro era aquele das altas rendas que compravam bens caros e isso nos levou a crescer com apenas 1/3 da população nos anos 70 até o início dos anos 80. A modificação fundamental do Brasil é que nós crescemos desta vez incorporando milhões de pessoas e, mais do que isso, houve uma percepção clara de que crescer com justiça é também crescer de forma estável.

É a primeira vez que de fato o Brasil cresceu, controlou a inflação e reduziu sistematicamente o endividamento público. Do ponto de vista internacional garantiu ao país sua soberania ao acumular 255 bilhões de dolares de reserva, e hoje tem credores externos, porque a dívida privada e a dívida pública brasileiras são bem menores que as reservas brasileiras, e esta situação foi estimulada por uma inclusão sistemática da população. Fazia anos que o país nao tinha mobilidade social.”

Uma das questões fundamentais para o pais que nós queremos é uma educação de qualidade. Mas, eu nao imagino que seja possível educação de qualidade sem professor bem pago. Eu tenho muito orgulho de afirmar que vou dar prosseguimento à politica de educação implantada pelo presidente Lula.
Dilma Rousseff

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10v

“A Dilma tem uma boa parte destes 85% de aprovação do presidente Lula, porque foi ela quem coordenou a elaboração destes projetos: Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Luz para Todos, que são programas sociais que levantaram a renda da população e fizeram o contrário do que um velho economista do Brasil dizia, que tem que fazer o bolo crescer para depois distribuir. O Lula fez o contrário. Colocou a base da pirâmide no mercado consumidor para a economia crescer, e ai a economia cresceu.

Eu tenho muito orgulho de um dia o presidente ter me chamado lá no palácio e ter dito assim: o PDT tem que vir para a base. E desde o primeiro dia do seu segundo mandato nós estamos na base do governo apoiando estes projetos que mudaram o Brasil para muito melhor. Nós não podemos nem pensar em interromper este projeto de país e este projeto de Estado, porque estão dando certo.”

Nós temos que continuar, porque aqui no Paraná, presidente, o ensino público avançou. Um dia eu desafiei o Requião, lá atras num debate, e falei: você não vai fazer os 23 hospitais, e ele fez 43! Agora ele me disse: você não vai melhorar aquilo que eu e o Pessutti fizemos pela educação no Paraná, e eu tenho um compromisso: em cada comunidade carente, de construir uma escola em tempo integral, porque a Dilma vai me ajudar lá na presidência.
Osmar Dias

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10e

“Quando eu assumi a presidência da república, junto com o querido José Alencar, que foi presidente da Federação das Indústrias de Minas Gerais, eu descobri uma coisa fantástica. Era a primeira vez na história do Brasil, desde que o rei de Portugal resolveu mandar Cabral vir para cá, que o Brasil tinha um presidente e um vice presidente que não tinham diploma universitário. E ao terminarem 8 anos de mandato, são esses dois “analfabetos” que vão passar para a história – depois a Dilma vai fazer muito mais – como os governantes que construiram mais universidades e mais escolas técnicas nesse pais. São esses dois, que não tiveram diploma universitário, que dobraram em um ano aquilo que a gente conseguiu em 50. A universidade brasileira conseguia renovar por ano no máximo 113 mil vagas. Com o REUNI nós passamos a renovar 227 mil vagas por ano. Com o REUNI nós colocamos em 6 anos 706 mil jovens na universidade.”

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10b

Então companheiros e companheiras, com todo o respeito, eu queria dizer para vocês, um país que conheceu as virtudes que nós conhecemos, um país que atingiu o status que nós atingimos… quem viaja sabe que antigamente esse pais era conhecido por causa do Pelé, por causa da violência ou por causa do carnaval e hoje as pessoas sabem que esse país é conhecido por causa da política, das decisões acertadas, do crescimento econômico e da seriedade com que tratamos a economia. Em nome de tudo isso eu faço um apelo para todos vocês. A gente pode apostar num time de futebol, mas, em política a gente não aposta, em politica a gente escolhe o melhor, e o melhor é Dilma e Osmar é Requião e é Gleisi. Um abraço a todos e até a vitória, se Deus quiser.
Luíz Inácio Lula da Silva

fiep_curitiba_foto_gilsoncamargo30_07_10n
Presentes no encontro o presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal, deputado Angelo Vanhoni, Katie Fagotti, e Oriovisto Guimarães.

Fotos: Gilson Camargo

2 Comentários

  1. Gláucia Roberta Vaz Félix
    8 de agosto de 2010

    Feliz “Dia dos Pais”, deputado Ângelo Carlos Vanhoni.
    Um abraço:
    Gláucia Roberta Vaz Félix (Rosário do Sul – Rio Grande do Sul)

  2. Ronaldo R. da Silva
    11 de agosto de 2010

    Sou graduando em pedagogia pela UERJ, e só agora aos 43anos de idade, graças ao investimento do Governo Federal em educação que voltei a estudar. A EAD, a UAB investindo nessa nova modalidade de ensino, com parcerias com os Estados e Municípios, tem proporcionado educação de qualidade para todos. Antes, só as elites, os mais abastados tinham acesso as universidades públicas. Agora a realidade é outra. É preciso que se continue a investir na educação, na qualificação dos professores, na educação de base, segurança pública e etc. Ninguém pode viver encima do muro, eu quero ver a continuidade desses projetos, por isso eu me posiciono e digo bem alto: VAI DILMA ROUSSEFF QUE ESSA É TUA!

3 Trackbacks

  1. […] This post was mentioned on Twitter by José Carlos Bianchi , Angelo Vanhoni. Angelo Vanhoni said: Educação é prioridade no Plano de Governo de Dilma e Osmar. Veja matéria em nosso blog sobre encontro na FIEP, em 30/07.http://bit.ly/arw8cq […]

  2. […] encontro de presidenciáveis na fiep – educação é prioridade no plano de governo de dilma rouss… […]

  3. By acervo de publicações do blog at Angelo Vanhoni on 29 de setembro de 2010 at 21:52

    […] encontro de presidenciáveis na fiep – educação é prioridade no plano de governo de dilma rouss… […]

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!