depoimentos para o brasil seguir mudando – marilena chauí, filósofa e professora da usp

O que é a democracia? A democracia não é apenas o regime formal da lei e da ordem. O que caracteriza a democracia e faz ela diferente de todos os regimes políticos e que ela é a criação de direitos, a consolidação e a garantia de direitos. E quando nós tomamos o governo Lula nos vemos justamente a criação de direitos, o acesso à cidadania, o acesso aos direitos de milhões de brasileiros que estavam excluídos. Os Programas Sociais fizeram com que os direitos sociais, econômicos e culturais fossem garantidos para todos os cidadãos brasileiros.

A democracia, na medida em que ela cria direitos, ela exige que um país seja reconhecido pela estabilidade interna e pela capacidade da sua economia de assegurar a tranquilidade de seus cidadãos. O que foi a política econômica do governo Lula? Foi exatamente isso, e que nos permitiu atravessar uma crise que abalou o mundo inteiro e não nos atingiu! E um governo democrático é aquele que garante também o direito da nação de aparecer com autônoma, independente, falando de igual para igual com as grandes potências mundiais. Nós estavamos acostumados com um Brasil submisso, um Brasil que obedecia ordens da Europa, ordens dos Estados Unidos. O que é que nós temos agora? Um Brasil que tem os seus direitos internacionais afirmados e garantidos!

Ora, diante dessa realização democrática, um governo impossível, improvável, que jamais viría, mas, se houvesse um governo Serra, seria a liquidação desta democracia. Por que? Comecemos pela questão dos direitos sociais e politicos. O que é que caracteriza uma politica néo liberal? A gente fala no enxugamento do estado e pensa sempre na privatização de empresas. É claro, como o presidente Fernando Henrique declarou varias vezes. a a alma da privatização da Vale do Rio Doce foi o Serra, e agora vocês podem ler no “Valor Econômico” a pretensão deles de privatizar o Pré-sal.

Mas, o mais grave nesse enxugamento do Estado é o que acontece com os direitos sociais, porque o Estado deixa de ter responsabilidades pelos direitos sociais, como a educação e a saúde, transforma estes direitos em serviços, e estes serviços para serem vendidos e comprados no mercado. Isso é a privatização dos direitos, a desaparição dos direitos sociais, dos direitos econômicos e dos direitos culturais. Isso é uma destruição da democracia e é isto que ele representa: ele representa um Brasil internacionalmente submisso, um Brasil sem direitos sociais, econômicos e culturais e um Brasil de privatização das coisas mais importantes que asseguram a nossa economia. Não é possivel admitir uma coisa dessas!
Marilena Chauí

1 Comentário

  1. MARIA DE FÁTIMA VILAR DE MELO
    24 de outubro de 2010

    Sinto-me feliz em ver que podemos contar com a palavra lúcida e enraizada da grande pensadora Marilena Chauí. Obrigado Marilena, por restituir-nos a dignidade que nos tem sido roubada pela grande mídia nacional.

One Trackback

  1. By Manual das Encalhadas on 21 de outubro de 2010 at 22:30

    Sexo casual: bom ou ruim?…

    Olá! Vim deixar meu oi e convidá-los a dar um pulinho no #ManualdasEncalhadas Beijoooos…

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!