bienal internacional de curitiba 2013

Ctba - 30/08/2013

Em solenidade de abertura realizada no dia 30 de agosto, no Salão Brasil do Palácio 29 de Março, a Bienal Internacional de Curitiba, que nesta edição tem como foco a arte urbana e as performances artísticas, concedeu uma homenagem especial à Efigênia Rolim (imagem acima), artista mineira radicada em Curitiba desde a década de 60.

Genuína artista popular, Efigênia Ramos Rolim é escritora, designer, poeta, escultora, narradora e performer. Aos 82 anos, é conhecida como Rainha do Papel. Dois documentários em vídeo sobre a vida dela serão exibidos no Museu Oscar Niemeyer (MON) durante o evento, além de vestidos, mandalas e objetos criados pela artista, que cria universos com papéis brilhantes de guloseimas e as transforma em indumentárias cênicas.

Por indicação do deputado Angelo Vanhoni, Efigênia recebeu em 2008 a Ordem do Mérito Cultural, importante honraria concedida pelo Ministério da Cultura.

Ctba - 30/08/2013Compuseram a mesa de abertura: o diretor-geral da Bienal, Luiz Ernesto Meyer, os curadores gerais, Teixeira Coelho e Ticio Escobar, o senador Sérgio Souza, o prefeito Gustavo Fruet, o deputado federal Angelo Vanhoni, o secretário de Cultura do Estado do Paraná, Paulino Viapiana, o presidente da Fundação Cultural de Curitiba, Marcos Cordiolli, e Paulo Roberto Colnaghi, presidente do Instituto Municipal de Turismo.

A Bienal, que se realiza entre os dias 31 de agosto e 1º de dezembro de 2013, exibirá obras de 150 artistas dos cinco continentes em mais de 100 espaços da cidade. Literatura, web arte e música recebem também grande espaço no evento. Ainda no intuito de prolongar e potencializar os efeitos da Bienal, será realizado um projeto de ação educativa, com atividades de formação de professores e estudantes, palestras e mesas redondas abertas ao público, distribuição gratuita de material educativo, programas de visitação mediada de grupos escolares, atendimentos a grupos e visitas guiadas aos espaços expositivos.

Confira a programação completa da Bienal, neste link.

Ctba - 30/08/2013

Para nós que desejamos requalificar a educação no Brasil, eventos como este são muito importantes. Reúnem, de forma organizada e crítica, parte da produção artística contemporânea, do que está sendo pensado e realizado em diversos lugares do mundo, e amplificam o diálogo com a cidade, com a produção local. Ajudam a consolidar uma nova perspectiva no processo de formação que transcende o aspecto meramente contemplativo, e impulsionam o reconhecimento dos valores atuantes em nossa sociedade assim como de nossos artistas.

Angelo Vanhoni

Ctba - 30/08/2013Paulo Roberto Colnaghi, presidente do Instituto Municipal de Turismo; Luciana Casagrande Pereira, presidente da Bienal de Curitiba; Sérgio Póvoa Pires, presidente do IPPUC; Marcos Cordiolli, presidente da Fundação Cultural de Curitiba, e Angelo Vanhoni.

Fotos: Gilson Camargo

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!