minha casa, minha vida – irati/pr

irati foto gilsoncamargo loteamentoirati3 30 09 2011parana3 minha casa, minha vida   irati/pr

A solenidade de entrega das moradias do Conjunto Habitacional Joaquim Zarpelon, em Irati, aconteceu nesta sexta-feira, 30/09/2011. As casas foram construídas através do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal em parceria com a prefeitura municipal, que viabilizou a edificação das unidades habitacionais. São 296 casas para famílias com renda de até 3 salários mínimos, com prestação mínima mensal de R$ 50 por mês, durante 10 anos.

O município doou a área onde foram construídas as moradias e realizou os projetos necessários para a criação do loteamento, além de parcerias para infraestrutura de água, luz e saneamento. O Governo Federal, através da Caixa Econômica financiou a edificação das habitações, com maior subsídio para as casas de 36 , consideradas de interesse social. As famílias beneficiadas pelo programa foram selecionadas através de cadastros da Secretaria Municipal de Bem Estar Social – Departamento de Habitação.

irati foto gilsoncamargo loteamentoirati3 30 09 2011parana2 minha casa, minha vida   irati/pr

Estiveram presentes na cerimônia o prefeito de Irati, Sérgio Stoklos, o superintendente regional da Caixa Econômica Federal, Arielson Bittencourt, o presidente da Associação dos Municípios do Centro-Sul do Paraná e prefeito de Inácio Martins, Junior Benato, os prefeitos Luiz Everaldo Zak, Ivanor Muller e Nei Schuck, o proprietário da Construtora Sedro, Antônio Carlos Duda, o deputado estadual Cesar Silvestri Filho, o deputado federal Eduardo Sciarra e o deputado federal Angelo Vanhoni.

Uma das necessidades fundamentais do ser humano é ter um lugar para morar, para construir a sua vida, casar, ter um emprego e poder educar os seus filhos. Sem a segurança de um lar com dignidade não é possível realizar este sonho, e o Brasil passou muito tempo sem perspectivas nesta direção. Precisou o presidente Lula chegar ao governo, comprometido com o conjunto do povo brasileiro, para chamar a Caixa Econômica, reunir os empresários, convocar os prefeitos do Brasil inteiro e dar início a um grande programa para aquele que não tem onde morar e para o trabalhador que não possui renda suficiente para acessar as linhas de financiamento. O exemplo de Irati, as trezentas casas que estamos inaugurando hoje fazem parte de um projeto de mais de um milhão de moradias que o presidente Lula iniciou e que a presidente Dilma está dando continuidade em todo o território nacional.

Mas, não é só a moradia que é importante para a realização humana. Tem quatro aspectos fundamentais que não podemos esquecer nunca. A moradia, o emprego, e principalmente a saúde e a educação. Estamos trazendo para esta cidade um Instituto Federal Tecnológico, que vai cuidar da educação, e se tem alguma coisa que muda a vida dos nossos filhos e muda a nossa vida é o conhecimento. Por isso todo o pai e toda a mãe quer que a sua criança vá aprender a ler e a escrever, porque sabe que o futuro está no conhecimento e em aprender uma profissão, e nós não tínhamos isso no Brasil! A maioria dos nossos jovens, quando chegam aos 17 anos de idade, não podem ir a uma faculdade para aprender uma profissão porque não tem dinheiro para pagar um curso técnico ou uma faculdade. Por isso estamos abrindo no Brasil as Escolas Técnicas Federais, para que os  nossos jovens possam aprender uma profissão.

As crianças que estão aqui hoje com 5 ou 6 anos e que vão entrar no ensino fundamental, quando tiverem 14 anos poderão entrar na escola técnica, que agora tem aqui em Irati, e fazer um curso de eletrônica, aprender informática ou outro curso profissionalizante, encontrar emprego na cidade ou na região, dar conta de suas vidas e ter um salário melhor, com mais dignidade.

Angelo Vanhoni

irati foto gilsoncamargo loteamentoirati3 30 09 2011parana minha casa, minha vida   irati/pr

Além de melhorar o setor de habitação do município, o programa do Governo Federal trouxe um grande impulso na cadeia produtiva da construção civil e, por consequência, no aquecimento da economia local. Calcula-se que mil e duzentas pessoas vão morar nas 296 casas construídas pela Sedro. A empresa, que tem sede em Irati, empregou aproximadamente 250 pessoas durante a realização da obra. As unidades deste conjunto medem em média 36 m² e possuem uma cozinha, uma sala, um banheiro e dois quartos.

irati foto gilsoncamargo loteamentoirati3 30 09 2011parana1 minha casa, minha vida   irati/pr

Fotos: Gilson Camargo

1 Comentário

  1. eliane makiolki
    31 de outubro de 2012

    parabens a todos,deputados;prefeito,vereadores a todos pelo trabalho realizado em IRATI uma cidade pequena mas muito linda que essa cidade continue crescendo e ficando cada vez mais bela tenho orgulho de ser IRATIENSE uma pena que nao moro mais ai,quem sabe um dia eu volte.

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!