1º encontro motivacional para os profissionais da educação – colombo/pr

colombo_foto_gilsoncamargo24_06_10e

Para aprimorar cada vez mais a educação do município, a Prefeitura de Colombo, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esporte promoveu durante esta semana o 1º Encontro Motivacional para os Profissionais da Educação. Nesta quinta feira (24), a programação voltou-se para a educação infantil, com o tema: “Aprendendo a ser grande para trabalhar com os pequenos”. Cerca de 600 professoras participaram do encontro.

vanhoni_glesi_jotacamargo_foto_gilsoncamargo_colombo24_06_10web
Estiveram presentes no evento a pré candidata ao Senado (PT) Gleisi Hoffmann, 0 deputado federal Angelo Vanhoni, o prefeito de Colombo, Jota Camargo, a secretária de Educação, Turismo e Esporte, Denise Tavares, a secretária de Turismo, Michele Mocelin, o presidente da Câmara de Vereadores, Gilberto Agrolombo e os vereadores Onéas Ribeiro e Helder Lazarotto.

angelovanhoni_foto_gilsoncamargo_colombo24_06_10web

Durante o encontro, o presidente da Comissão de Educação e Cultura da Câmara Federal, deputado Angelo Vanhoni destacou a atenção dada pelo governo federal à educação infantil. “Há dez anos atrás a educação infantil não era prioridade. Agora, o presidente Lula tem investido mais recursos e formulando políticas estratégicas para a educação das nossas crianças. Aprovamos no Congresso Nacional a universalização da pré-escola e do ensino médio, tornando obrigatória a matrícula para crianças e jovens entre 4 e 17 anos”.

Além disso, o deputado informou que em novembro de 2009, a aprovação da Emenda Constitucional nº 59 determinou o aumento do orçamento do governo federal para o Ministério da Educação (MEC). “A verba será ampliada gradualmente até 2011. A intenção é que os novos recursos sejam aplicados nos programas de construção das escolas de educação infantil, de ensino médio profissionalizante, nos de formação inicial e continuada de professores”, e destacou a aprovação do Piso Nacional Salarial dos Professores. “De nada adianta o município ganhar recursos para construir creches se os professores não forem valorizados. Por isso, aprovamos no Congresso Nacional um piso inicial de  R$ 1.024,67 para 40 horas semanais.”

colombo_foto_gilsoncamargo24_06_10a

O prefeito J. Camargo, ao saudar os professores participantes do simpósio, disse que o objetivo principal é trazer motivação para além da sala de aula. “Educação é o que nos ajuda a solucionar os problemas das cidades. Por isso, os profissionais precisam receber este nosso carinho e valorização.” O prefeito reafirmou a importância das parcerias com o governo federal e disse que a educação infantil desde 2005 é levada a sério pela prefeitura. “Muita gente nos desmotivava, dizia que era apenas dar giz e papel aos pequenos. Mas sempre soubemos que esta é a mais importante etapa na formação de um homem e de uma mulher.”


Ao final do encontro, apresentação dos alunos da Escola Municipal Nossa Senhora de Fátima.

Fotos: Gilson Camargo

1 Comentário

  1. Gláucia Roberta Vaz Félix
    25 de junho de 2010

    Deputado Vanhoni: penso que é muito bom, mas, sobretudo, é instimulante e dignino de agradecimento da classe do magistério, a grande ênfase que, atualmente, e cada vez mais, vem sendo dada, por parte dos Gestores Públicos Nacionais, para a Educação Infantil. Sei que é repetitivo dizer, pois já o disse em outros comentários que fiz sobre outras matérias publicadas neste teu Site, mas, depois do que li na presente matéria – “1º Encontro Motivacional Para Os Profissionais da Educação” – não pude deixar de me manifestar novamente. É pena que alguns Governos Estaduais – coisa que percebo no meu Rio Grande do Sul – não invistam na Motivação dos Educadores Infantis, pois creio ser nessa fase escolar que formamos não apenas um bom aluno, mas, acima de tudo, um bom cidadão. Nem todos os professores dessa facha etária de pequenos conhecem e exploram todo o potencial de seu alunado. Eu, embora não tendo tido o direito de fazer o Curso Normal – o que lamento até hoje – como bibliotecária de Escola Estadual, vejo o quanto essas crianças são capazes de produzir, através de uma melhor exploração de suas potencialidades. Problemas de aprendizagem podem ser solucionados, muitas vezes, com o estímulo da leitura, o teatro, a audição de histórias e o trabalho desenvolvido após ouvir essas histórias, etc… Essa é a minha experiência e opinião como educadora. Desejei apenas compartilhá-la contigo e fazer com que saibas que acredito que estás contribuindo de maneira muto positiva, por meio do teu bom trabalho na área educacional, para termos um país melhor.
    Atenciosamente!

Publicar um comentário

Seu e-mail nunca será publicado. Campos com * são obrigatórios

*
*

Preencha os campos corretamente!